Atenção!!!!!

O SITE Radiofmesperancanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Radiofmesperancanossa

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

“Quem não apoia Bolsonaro e Moro é contra o Brasil” diz Renato Gaúcho à Folha de S. Paulo


Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, concedeu uma entrevista para a Folha e nela não mediu esforços para emitir sua opinião sobre Jair Bolsonaro.“Votei nele. É meu presidente. Na minha opinião, quem é contra esses caras é contra o crescimento do Brasil”, disse Renato.
Renato é mais um brasileiro preocupado com o Brasil.
Com informação do IG.

As Primeiras Experiências de Rádios Online no Brasil: a rádio Manguetronic

Resultado de imagem para símbolo de radio web
No Brasil, o rádio iniciou sua penetração, no novo meio de transmissão, somente dois anos após as primeiras experiências das emissoras norte-americanas, ou seja, apenas a partir de 1997. A primeira rádio brasileira que operou online seguiu as tendências mundiais de aproveitar um novo veículo de comunicação, a internet, como a inovadora ferramenta que iria transpor barreiras e limites geográficos e, assim, alcançar um público maior. Para o primeiro momento, a internet era utilizada pelas emissoras apenas para estabelecer um novo contato com o público através de sites com informações e dados gerais sobre a programação, sem necessariamente disponibilizar arquivos de áudio.

A primeira rádio a operar via internet, no Brasil, foi a Manguetronic, que em abril de 1996 veiculava pela primeira vez um programa exclusivamente pela web. O programa foi inicialmente criado por dois integrantes do movimento pernambucano denominado “Mangue Beat”: José Carlos Arco Verde, mais conhecido como HB Mabuse e Renato Lins. O nome do movimento é uma referência clara ao mangue, ecossistema riquíssimo que possibilita o desenvolvimento de diversas espécies animais e vegetais. A intenção era fazer uma ligação entre a cultura da região e os estilos musicais do maracatu, funk e rock, mesclando as informações e divulgando para todo o país a cultura pernambucana.

Os dois, então, somaram seus conhecimentos para a criação de um site que divulgasse todas as informações do movimento. Em maio de 1995 eles começavam as primeiras experiências para criação do site www.manguetronic.com.br . Mas, devido a deficiências tecnológicas do momento, somente em abril de 1996, eles conseguiram desenvolver o programa de rádio especialmente destinado para o acesso de usuários da grande rede. Contaram também com o apoio do empresário Cláudio Marinho, diretor de uma grande empresa de Internet.

A tecnologia utilizada era o programa de compressão de áudio RealPlayer. Era uma total inovação para os padrões da rede no Brasil, especialmente pelo fato de utilizar todos os recursos da nova ferramenta multimídia. Apesar de num primeiro momento muitos usuários desconhecerem as novas possibilidades de recepção, os internautas podiam acessar os blocos dos programas de forma aleatória, conforme suas necessidades e desejos, selecionando o quê e quando ouvir os arquivos. Era possível, por exemplo, pular trechos de entrevistas e ter direto o acesso a músicas ou demais arquivos desejados, como afirma Cunha:

Ao buscar o Manguetronic na Internet, os ouvintes imaginavam um programa de rádio convencional, com começo, meio e fim. Quando tentavam fazer uso da interação com arquivos, não compreendiam muito o porquê de ‘pularem' partes do programa, preferindo acessá-lo de forma linear. (...) o programa passou a ser desenvolvido para se aproximar de um programa convencional, porém o usuário podia ainda ‘pular' as locuções e ouvir somente as músicas (CUNHA, 2003, 155).

As informações sobre este tópico foram obtidas em CUNHA, 2003.


quarta-feira, 28 de agosto de 2019

O fim da pior geração de seres humanos a ocupar o poder no Brasil. Esquerda prosperou e morreu junto com Lula e o PT

O fim da pior geração de seres humanos a ocupar o poder no Brasil. Esquerda prosperou e morreu junto com Lula e o PT - Otávio Sá Leitão
O projeto de poder do PT fracassou. Fato. O projeto de poder do PT foi compartilhado por todos os partidos de esquerda do país. Todos eles prosperaram durante mais de uma década de corrupção comandada pelo PT. Eles não fracassaram. Quem fracassou foi o povo que depositou sua esperança na pior geração de seres humanos que já ocupou o poder no Brasil.

Após 13 anos no poder, os membros do partido não conseguiram criar condições sólidas de desenvolvimento para as camadas mais vulneráveis da sociedade. Os pobres continuam vivendo em condições precárias, seus filhos continuam tendo uma educação de péssima qualidade e vulneráveis a situações de exploração em todos  aspectos, seja na questão do subemprego, prostituição, criminalidade e narcotráfico.

Os pais também não conseguiram estabelecer uma base segura para sustentar suas famílias ao longo dos últimos treze anos.O regime do PT foi todo baseado em esquemas de corrupção e favorecimento de grandes grupos empresariais. Um modelo  neo desenvolvimentista extrativista e até neocolonial amplamente baseado na cultura da propina. Ao povo mais humilde, coube apenas as migalhas. Em treze anos, o PT não realizou nenhuma das grandes reformas, como a agrária, a urbana, previdenciária ou trabalhista por um simples motivo: nunca se importaram com nada disso.

Os governos do PT de Lula e Dilma surfaram na mais extraordinária onda de prosperidade mundial durante quase uma década de commodities supervalorizadas no exterior e não souberam aproveitar os benefícios em prol da sociedade, com investimentos em infraestrutura, por exemplo. Sob o comando de Lula, o Brasil enterrou mais U$ 500 bilhões em empresas simpáticas conhecidas como as “campeões nacionais” como empresas de telefonia, cerveja, carne e empreiteiras. Praticamente todas as “campeões nacionais” do PT faliram ou deram um belo calote no BNDES.

Sob o comando de Dilma, o Brasil Concedeu benefícios extraordinários para empresários, e lá se foram outros cerca de R$ 500 bilhões. Uma verdadeira fortuna simplesmente evaporou sob a forma de incentivos fiscais para o setor automotivo, empresas de eletrodomésticos e afins. Tudo isso sem nenhuma contrapartida social como a geração de empregos. Os empresários lucraram vendendo mais, os bancos lucraram emprestando mais dinheiro e o pobre se endividou, ficou com o nome sujo e muitos tiveram que devolver os bens que comprara. E o governo arrecadou menos R$ 500 bilhões que deixaram de ser investidos justamente em favor dos mais pobres, em áreas como a saúde, segurança e educação.

As maquiagens nas contas públicas através da tal da 'contabilidade criativa' que resultou no episódio das pedaladas fiscais aprofundaram a crise econômica no país. O Brasil foi rebaixado pelas maiores agências de classificação de risco do mundo, perto de 2 milhões de empresas faliram entre 2014 e o final do governo Dilma, e 12 milhões de chefes de família ficaram sem emprego.

Não bastasse os erros no campo econômico e político, a malversação do dinheiro público e o favorecimento de grandes grupos econômicos em detrimento dos pequenos empresários, o PT roubou como se o mundo fosse acabar amanhã.

Até praticamente ontem, toda a esquerda brasileira defendeu os governos e membros do PT que criaram uma verdadeira organização criminosa para assaltar a Petrobras, o BNDES, os fundos de pensão das estatais e e até mesmo os servidores aposentados endividados que contraíram empréstimos consignados nos últimos cinco anos.

Toda a esquerda brasileira ficou ao lado de Lula, Dilma e contra o juiz Sérgio Moro e a Operação Lava Jato, que conseguiu recuperar nada menos que R$ 3.6 bilhões do dinheiro que o PT ajudou a roubar dos cofres públicos.

Neste momento, boa parte da esquerda tenta se desvencilhar de tudo isso. Querem tentar fazer parecer que não foram coniventes com todos estes erros ao longo dos últimos treze anos e se aliaram ao lixo da história do país. Tarde demais para todos. 

quinta-feira, 18 de julho de 2019

Adam West morre aos 88 anos. Até sempre Batman!

batman
Adam West, o ator que ficou celebrizado pelo seu papel enquanto Batman na série da telinha dos anos 60, morreu aos 88 anos vítima de Leucemia. O ator ficará na memória dos fãs, por ter dado vida aquela que ficou conhecida como a versão mais original do Batman.
Batman de Adam West era desajeitado e super cômico, o ator chegou mesmo a dizer:
"Eu decidi interpretar o Batman por diversão, mas apesar do jeito cômico do personagem, eu o levava muito a sério. Sempre tentei dar o meu melhor para divertir os fãs."
Através de uma declaração oficial, a família do ator disse:
"O nosso Pai sempre olhou para si mesmo como o Cavaleiro da Luz, ele apenas queria criar um efeito positivo na vida dos fãs. Ele foi e sempre será o nosso herói".

Hollywood está de luto

batman
Foram vários os atores que já expressaram as suas condolências pela morte de Adam West. Entre eles destacam-se John Barrowman (ator da sérieArrow), Mark Hamill (Luke Skywalker / Coringa), Julie Newmar (Mulher-Gato da série dos anos 60 do Batman) e Burt Ward (Robin da série dos anos 60 do Batman).
Adam West vestiu recentemente pela última vez o uniforme de Batman, no filme animado "Batman: Return of the Caped Crusaders", onde deu voz ao personagem. Você pode assistir ao trailer no vídeo em baixo:

Até sempre Batman!

quarta-feira, 26 de junho de 2019

Caio Coppolla: Moro é homem honesto se explicando por crime que não cometeu


Sergio Moro remarca audiência na Câmara para dia 2 de julho. A informação é do presidente do CCJ, deputado Felipe Franceschini, que disse ter acertado detalhes com equipe do ministro da Justiça.
“É ridículo expor a maior autoridade de combate à corrupção no Brasil à sabatina de um Congresso com 3% de aprovação popular e infestado com criaturas do pântano político. O ministro Moro sequer é investigado. Os arquivos vazados não foram periciados, não foram confirmados pelas partes envolvidas. E, além disso, não foram submetidos às autoridades competentes ao grande público e a imprensa na sua íntegra. Na melhor das hipóteses, são conversas particulares obtidas ilegalmente mediante pratica de rackeamento. Temos aqui um homem honesto se explicando por crimes que não cometeu para um dos maiores expertises de corrupção só no Brasil”.

Brasil fica em primeiro lugar em campeonato mundial de robótica nos EUA

Brasil fica em primeiro lugar em campeonato mundial de robótica nos EUA
O Brasil foi reconhecido no principal campeonato mundial de robótica, encerrado no último sábado, em Houston, Texas, nos Estados Unidos. País ficou em primeiro lugar nas categorias de design mecânico de robô e em segundo lugar em estratégia e inovação. Das dez equipes brasileiras que viajaram a Houston, cinco foram premiadas.
Na First Robotics Competition (FRC), voltada a jovens de 14 a 18 anos, duas equipes levaram o "Rookie All Star", premiação máxima concedida aos iniciantes na disputa. A Robonáticos #7565 e a Octopus #7567, ambas do Sesi/Senai de São Paulo, foram as premiadas.
Design. Na First Lego League (FLL), para alunos de 9 a 16 anos, a equipe Red Rabbit, da escola Sesi de Americana (SP), foi reconhecida por ter o melhor design entre as 108 equipes que participaram da FLL no mundial de Houston.
Nesta categoria, os juízes avaliam a estrutura do robô desenvolvido pelos competidores e os conceitos de engenharia utilizados.
A Jedi’s (de Jundiaí/SP) ainda conquistou a segunda posição em estratégia e inovação.
Ainda na FLL, a Techmaker (do Sesi de Blumenau/SC) recebeu o primeiro lugar em Gracious Professionalism, categoria que avalia o cumprimento das metas do torneio, entre elas o compartilhamento de informações, simpatia e profissionalismo dos participantes.
Na categoria FirstTech Challenge (FTC), a equipe Geartech Canaã (do Sesi de Goiânia) foi uma das seis finalistas no prêmio motivação.

VITÓRIA: STF nega pedido de habeas corpus para Lula O ex-presidente Lula teve um tratamento privilegiado no adiantamento de seu julgamento

A segunda turma do Supremo Tribunal Federal (STF) julgou nesta terça-feira (25 jun. 2019) o pedido habeas corpus solicitado pela defesa de Lula ainda em 2018. A votação chegou a ser adiada, todavia, como os advogados do petista corrupto exigiram urgência para o julgamento, o caso foi contemplado hoje.
O ex-presidente Lula teve um tratamento privilegiado no adiantamento de seu julgamento e ainda contou com o apoio descarado do ministro Gilmar Mendes, que propôs sua soltura.
“Diante do congestionamento da pauta, eu havia indicado o adiamento, mas tem razão o nobre advogado quando alega o alongamento desse pedido de prisão diante da sentença e da condenação, que foi confirmada em segundo grau no Tribunal Regional Federal. O que eu me abalançaria a propor, como fizemos em outros casos, é conceder medida para que o paciente aguardasse em liberdade a nossa deliberação completa nessa Turma”, disse Gilmar Mendes.Todavia, mesmo com todo esforço de Gilmar e da defesa de Lula, a votação teve o placar final de 2 votos favoráveis ao habeas corpus e 3 contrários.
A favor, votaram apenas Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski, enquanto Edson Fachin, Cármen Lúcia e Celso de Mello contra a liberdade do petista que responde 10 processos na Justiça.
Portanto, a decisão do Supremo determina que o petista corrupto permanecerá preso, uma vitória para o povo brasileiro.
Postagens mais antigas Página inicial
Copyright © Radiofmesperancanossa | Suporte: Mais Template