Atenção!!!!!

O SITE Radiofmesperancanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Radiofmesperancanossa

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

SERRA CATARINENSE COMENTE! Ex-diretor de Secretaria de Esportes suspeito de integrar organização criminosa é preso em Campos Novos

Ex-diretor de Secretaria de Esportes suspeito de integrar organização criminosa é preso em Campos Novos Polícia Civil / Divulgação/Divulgação
Uma célula da organização criminosa catarinense responsável pelo tráfico de drogas no Estado foi descoberta pela Polícia Civil em Campos Novos, na Serra. Entre os 30 integrantes apontados pela polícia, há dois taxistas e um ex-diretor da secretaria de Esportes e Cultura do município, que também já ocupou cargo de suplente de vereador.
Na operação deflagrada na manhã desta sexta-feira, 11 pessoas foram presas. O ex-funcionário público, a irmã dele de 48 anos — que é apontada como uma das lideranças do grupo –, o ex-genro dela, de 19 anos — que compartilhava do poder de chefia –, e um dos taxistas foram presos na operação. Além dos mandados cumpridos em Campos Novos e Capinzal, há cinco mandados de prisão no nome de integrantes que já estavam na cadeia.
Na semana passada, a polícia havia prendido cinco integrantes do bando. Pelo menos 20 quilos de drogas pertencentes ao grupo foram apreendidos durante os quatro meses de investigação.
Segundo o delegado Adriano Almeida, a base do grupo era concentrada em uma padaria de fachada no bairro Aparecida, em Campos Novos. Quitinetes nos fundos do estabelecimento serviam de pousada para o grupo. No local, a organização se reunia e comercializava drogas.
Conforme a polícia, a irmã do ex-diretor da Secretaria de Esportes era responsável por gerenciar o tráfico na padaria. Como houve uma apreensão de drogas na frente do estabelecimento há algum tempo, ela  foi morar em Capinzal e deixou o irmão cuidando dos negócios.
– Por muto tempo, o ex-diretor recolheu as mensalidades dos integrantes do grupo na conta dele e repassou o caixa para os líderes da facção (presos em São Pedro de Alcântara). A organização funciona como uma empresa, cada membro tem uma função específica – disse o delegado.  
Os taxistas presos seriam responsáveis pela logística do grupo. Eles faziam entregas no estilo delivery para usuários e levavam os traficantes até as cidades vizinhas com o intuito de expandir o comércio. 
Pelo menos 100 policiais foram mobilizados na operação Rescaldo, que é desdobramento de outras operações que vêm ocorrendo desde o início da apuração. Entre os suspeitos identificados como integrantes da célula, há seis adolescentes. Drogas e munições de três calibres foram apreendidas. 

fonte:http://dc.clicrbs.com.br/
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário
Copyright © Radiofmesperancanossa | Suporte: Mais Template